domingo, 14 de novembro de 2010

Filme: Cartas de um homem morto (1986)



Estou simplesmente encantada  com esta desconhecida obra-prima do cinema russo e resolvi compartilhar com todos. O mais impressionante - quiçá o mais perfeito - retrato do mundo pós-apocalíptico já feito no cinema. Fiquei emocionada e absurdamente feliz em encontrar uma pérola destas. Nem tenho muito mais o que dizer, apenas que FILMAÇO memorável.



Sinopse:
 O mundo após o apocalipse nuclear. Uma pálida luz acende o cenário de destruição total. Os humanos vegetam em porões úmidos sob o inverno devastador. Mas de alguma forma o espírito humano ainda vê em algum lugar a esperança de um futuro novo e melhor. O personagem principal, interpretado por Rolan Bykov, é um ganhador do Prêmio Nobel de Física, que tenta sobreviver e ajudar um pequeno grupo de crianças e adultos, compartilhando com eles o porão do antigo museu de história. Ele passa boa parte do tempo escrevendo cartas em sua mente para seu filho Eric, e totalmente desapontado que a ciência tenha criado todo o desastre. Muitos morrem a partir da radiação, mas a nova geração começa a caminhada rumo a uma nova vida.

Gênero: Drama / Sci-fi
Diretor: Konstantin Lopushansky
Duração: 83 minutos
Ano de Lançamento: 1986
País de Origem: União Soviética
Idioma do Áudio: russo
Legenda: português em anexo



Um comentário:

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO